Uneafro e mais 12 parceiros, incluindo redes de apoio à quilombolas em vários estados brasileiros, se unem na nova etapa da campanha

Como as dificuldades continuam e os casos de coronavírus, e infelizmente se multiplicam, a campanha continuará ajudando as famílias. Em maio, para cada uma das casas que recebeu a primeira cesta básica (entregue entre o final de março e a primeira quinzena de abril), receberá segunda cesta básica acompanhada de kit de higiene. Além disso, manteremos a ajuda financeira para despesas básicas de professorxs, estudantes e coordenadorxs de núcleos da Uneafro e militantes dos movimentos e entidades parceirxs, além de atender 8 quilombos, em 5 estados. Exigimos participar das decisões econômicas que possam assegurar emprego e renda digna ao povo preto e periférico. Mas enquanto lutamos por direitos, não podemos ver as nossas e os nossos passando fome ou sem condições mínimas de atravessar esse período de pandemia.

A campanha na plataforma online arrecadou R$ 270 mil na segunda etapa, além de quase R$ 186 mil em depósito bancário. Esse recurso viabilizou o apoio imediato a mais de 15 mil pessoas e você pode conferir os números desta etapa clicando aqui.

Ajudando a quem precisa

“Tem gente que fica abrindo o armário toda hora sem acreditar que é verdade aquilo do armário cheio”. Essa é uma das muitas mensagens que a Uneafro tem recebido dos territórios onde chegaram as 3.072 cestas básicas distribuídas até agora e onde chegarão as outras 1.165 que já foram compradas. No total, são 84 toneladas de alimentos em 4.237 cestas básicas. Cada cesta conta com cinco quilos de arroz, três litros de óleo, três quilos de feijão, além de leite em pó, farinha de mandioca, fubá, macarrão, milho verde, sal, açúcar, café e outros ítens para lanches. Junto com ela, é enviada também uma caixa menor com quinze ítens de higiene e limpeza, contendo: água sanitária, sabão, detergente, sabonete, papel higiênico, entre outros itens.

Além das organizações parceiras, a campanha contou com a colaboração do SEFRAS, o Serviço Franciscano de Solidariedade, na distribuição de mais de mil cestas básicas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Confira mais sobre esta ação neste link.

Rede de apoio é ampliada na 3ª etapa da campanha

Agora, são 13 organizações atuando em 44 territórios em diversos estados. Passam a fazer parte da campanha:
• Bloco do Beco;
• Comunidade Quilombaque;
• Pastoral do Povo da Rua;
• Projeto Meninos e Meninas de Rua;
• Pagode Na Disciplina.

Nesta etapa, manteremos a distribuição de cestas básicas com higiene e limpeza em 44 territórios. Sendo:

• 4575 famílias atendidas = R$ 732.000,00 – por mês

• apoio financeiro a 209 pessoas: R$ 59.020,00 – por mês

Total a ser arrecadado para o mês de maio: R$ 791.020,00

Faça parte

As formas de contribuição na campanha permanecem. Ou seja, você pode doar de três maneiras:

 Campanha online, via plataforma Vakinha. Clique aqui para acessar.

 Doação via Paypal. Clique aqui para acessar.

• Transferência bancária
Banco do Brasil
Agência: 1202-5
Conta corrente: 74414-X
Titular: Associação Franciscana de Defesa de Direitos e Formação Popular – AFDDFP
CNPJ: 11.140.583/0001-72

Qualquer outra dúvida ou sugestão, entre em contato pelo email: [email protected]

Saiba como estamos atuando

1 – Apoio financeiro para coordenadorxs, professorxs e estudantes dos cursinhos comunitários que estão sem fonte de renda

Apoio mensal: R$ 59.020,00, para atender a 209 pessoas dos territórios abaixo:

SP – Capital
• Perus (ZN) – 20 pessoas
• Sapopemba (ZL) – 2 pessoas
• Luz (Centro) – 52 pessoas
• Bela Vista (Centro) – 24 pessoas
• Jardim Miriam (ZS) – 10 pessoas
• São Mateus (ZL) – 4 pessoas
• Cidade Tiradentes (ZL) – 3 pessoas

SP – Grande SP e Interior

• Mogi das Cruzes – 4 pessoas
• Itaquaquecetuba – 11 pessoas
• Poá – 6 pessoas
• Santo André – 4 pessoas
• Guarulhos – 4 pessoas
• São José dos Campos – 20 pessoas
• Caraguatatuba – 5 pessoas
• Bebedouro – 1 pessoa
• Cotia – 8 pessoas
• Bragança Paulista – 1 pessoa
• Sorocaba – 3 pessoas
• Barueri – 8 pessoas
• Jacareí – 16 pessoas

RJ

• Rio de Janeiro – 4 pessoas

2 – Distribuição de Cestas Básicas e kits de limpeza e higiene

Cada cesta básica custa R$120 e cada kit de higiene custa R$40.
Totalizando, até agora, R$ 732.000,00 para 4575 famílias.

As cestas serão distribuídas em:

SP – Capital

• Perus (ZN) – 150 famílias
• Jaraguá (Aldeia Guarani) (ZN) – 150 famílias
• Brasilândia (ZN) – 50 famílias
• Luz (Centro) – 240 famílias
• Bela Vista (Centro) – 100 famílias
• Cidade Tiradentes (ZL) – 170 famílias
• Jd Sônia Regina (ZS) – 30 famílias
• Jd. Jacira (ZS) – 70 famílias
• Jd Vera Cruz (ZS) – 40 famílias
• Jd. Ângela (ZS) – 100 famílias
• Vila Gilda (ZS) – 40 famílias
• Cursino (ZS) – 100 famílias
• Itaquera (ZL) – 100 famílias
• Heliópolis (ZS) – 100 famílias
• Paraisópolis (ZS) – 100 famílias
• Água Funda (ZS) – 100 famílias
• Favela da Fazendinha Vila Moraes (ZS) – 120 famílias
• Favela do Boqueirão (ZS) – 20 famílias
• Jardim Miriam (ZS) – 240 famílias
• Fazenda da Juta – 120 famílias
• Jaçanã (ZN) – 10 famílias
• São Mateus (ZL) – 25 famílias
• Sapopemba (ZL) – 150 famílias
• Jd. São Francisco (ZL) – 100 famílias

SP – Grande SP e Interior

• Poá – 220 famílias
• Itaquaquecetuba – 60 famílias
• Mogi das Cruzes – 100 famílias
• Bragança Paulista – 3 famílias
• Sorocaba – 20 famílias
• São Bernardo do Campo – 167 famílias
• Santo André – 5 famílias
• Cotia – 36 famílias
• Guarulhos – 183 famílias
• São José dos Campos – 118 famílias
• Caraguatatuba – 5 famílias
• Bebedouro – 3 famílias
• Barueri – 10 famílias
• Jacareí – 30 famílias
• São José do Rio Preto – 50 famílias
• Osasco – 50 famílias

RJ

• Belford Roxo – 40 famílias
• Rio de Janeiro – 30 famílias

Quilombos

• Rio de Janeiro – 650 famílias
• Goiás – 200 famílias
• Bahia – 200 famílias
• Amapá – 300 famílias
• Pernambuco – 200 famílias