A Uneafro é uma rede de articulação e formação de jovens e adultos moradores de regiões periféricas do Brasil que se organiza em torno de núcleos: de cursinhos pré-vestibulinhos, pré-vestibulares, pré-concursos, formação para o mercado de trabalho, cursos de formação política, de gênero, antirracista, diversidade sexual, combate às drogas e aperfeiçoamento jurídico.

São 1600 jovens estudantes de escoladas públicas atendidos por ano! Dentre estes, 70% acessam universidade, passam num concurso ou conseguem um emprego.

1600

mais de 1600 jovens atendidos por ano

Notícias Recentes

seja professor/professora da rede de cursinhos uneafro

10 anos de Uneafro e a importância dos educadores nessa construção

Em 2019 a Uneafro completou 10 de anos de construção coletiva possibilitada pelo voluntariado de 350 de professores dentre os […]

Núcleo em Guarulhos promove interface entre ensino formal e educação popular

Professores estão conectando alunos que terminaram o ensino médio com práticas de produção de conhecimento à base da educação popular, […]

Palestra-de-Leila-sobre-o-_Preta-Comprando-de-Preta

Empregabilidade dx jovem negrx – conquistas e desafios

Por Caio Chagas e Jéssica Ferreira Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que 12,5 milhões de […]

Nossas Lutas

Organize sua comunidade, colabore, faça parte! Junte-se à Uneafro Brasil!

Organize sua comunidade, colabore, faça parte! Junte-se à Uneafro Brasil!     Imagine e realize!   Imagine um Cursinho Preparatório […]

Aula pública: Mulher negra, ação e participação social – COM ELISA LUCINDA

Aula especial do Curso Jovens Promotores de Direito Antidiscriminatório com a atriz, jornalista e poetisa Elisa Lucinda! A aula “Palavra é […]

Douglas Belchior e Sonia Guajajara irão realizar evento em prol da luta afro-indígena em Itaquera

Há uma necessidade urgente no próximo período eleitoral: levar para Brasília a representação negra e indígena brasileira. Não é possível […]

Núcleos da Uneafro

Os núcleos da uneafro atendem a mais de 1600 pessoas por ano.