Por Douglas Belchior – Um levantamento* mapeou cerca de 100 parlamentares que se dizem “indecisos” a respeito da questão da maioridade penal. Estariam então mais propícios a ouvir e ponderar suas posições para a votação em plenário da PEC 171/93, prevista para acontecer no próximo dia 30 de Junho, no Congresso Nacional.

Especialistas, organizações nacionais e internacionais, movimentos sociais e igrejas estão mobilizadas para tentar impedir a redução da maioridade penal. Não há, no campo da racionalidade, defesa que justifique a redução como algo positivo para a sociedade brasileira. Ainda assim, estamos em vias de presenciar um retrocesso que nos levará de volta à colônia, no que diz respeito aos direitos humanos de crianças e adolescentes. Mas a batalha ainda não está perdida.

Para derrubar a PEC, precisamos alcançar 206 votos contrários à redução, de um total de 513 parlamentares. Ainda é possível.

Se você quer valer sua opinião, procure os parlamentares do seu estado. Ligue, envie emails mas, principalmente, vá até eles. Consulte pela net o endereço do escritório político de cada um deles nos seus estados de origem. Levante-se do sofá, saia do Facebook e vá até o deputado dizer que a única solução para diminuir a criminalidade, a injustiça e a impunidade no país é o investimento em educação, cultura, lazer e oportunidades para a juventude.