Depois de meses de resistência, mobilizações, reuniões e protestos promovidos por estudantes dos Cursinhos Populares da Uneafro, em meio à tantos retrocessos e desmontes de direitos na cidade de São Paulo, finalmente podemos comemorar uma vitória importante: as bolsas permanência dos 300 estudantes dos Cursinhos da Uneafro e do Cursinho Popular Mafalda devem ser mantidas até o final do ano.

Além da insistência politica em sensibilizar a gestão municipal sobre a importância da manutenção dos beneficios, a participação do mandato do vereador Suplicy foi fundamental para que pudessemos alcançar essa vitoria. O Ex-Senador se colocou como ponte no diálogo, além de disponibilizar emenda orçamentaria para dar conta de parte do corte promovido por Dória, nos recursos que já estavam destinados para a política.

HISTÓRICO DO PROCESSO:

No inicio do ano fomos informados que haveria corte de orcamento para a manutenção de 300 Bolsas Permanência (Cursinhos Comunitários e Populares). Uma conquista dos movimentos junto a Prefeitura de São Paulo, que passou a desenvolver um programa de Bolsas para Permanência Estudantil. Na Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE) o programa ganhou o nome de Bolsa-Cursinho, regido pelas regras de outro programa, o Bolsa-Trabalho. A proposta original dos cursinhos previa duas mil bolsas e mais políticas públicas como apostila e passe livre para estudantes de cursinhos. Em 2015 um projeto piloto previu apenas 200 (e depois 300) bolsas selecionadas entre estudantes dos cursinhos Uneafro Brasil e Mafalda, por convênio.

Esta política pública é resultado de propostas, pressão popular e exigências de movimentos sociais, principalmente de reivindicação dos cursinhos comunitários há uma década.
Desde o início do ano, há insegurança e falta de informação sobre a continuidade do programa, apesar da previsão feita na gestão anterior e seleção de novos bolsistas.

 

CONVOCAÇÃO:

CONVOCAMOS TODAS E TODOS OS BOLSISTAS dos Cursinhos da Uneafro-Brasil para reunião de balanço deste processo, recadastramento e repactuação das tratativas para a continuidade dos estudos e da luta, afinal, a meta é manter o benefício para o próximo ano e sua ampliação para todos os Cursinhos Comunitários da cidade de SP.

Este encontro será na próxima terça feira, 5 de Setembro, às 18h00, no Escritório Central da Uneafro, na Rua Abolição, 167 – Bela Vista – SP

#UneafroResiste
Conselho Geral da UNEafro Brasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *