O Ministério da Educação (MEC) encerra nesta sexta-feira, 29 de janeiro, o período de inscrições para o primeiro processo seletivo de 2016 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os interessados concorrem a mais de 250 mil oportunidades em 25.323 cursos ministrados em 1.337 instituições particulares.

UOL

Podem participar os candidatos com renda família bruta per capita de até dois salários mínimos e meio (R$ 2.200) e que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e obtiveram média de 450 pontos e não zeraram a redação. Somente é possível escolher um único curso e turno.

Segundo o Edital, a classificação dos estudantes será feita em ordem decrescente, de acordo com as notas obtidas no Enem, na opção de vaga para a qual se inscreveram. Primeiro serão selecionados os que ainda não têm ensino superior e, na sequência, os que já o possuem.

Tire suas dúvidas sobre o Fies

As inscrições abriram na última terça-feira (26). Na tarde do dia seguinte, foi liberado o acesso às notas de corte. No curso de Medicina, a Universidade de São Francisco (USF), em Bragança Paulista (SP), teve a maior nota de corte (788,42). Já a menor (596,68) foi registrada pela Estácio de Sá, no Rio de Janeiro

Resultado

De acordo com o cronograma, o resultado da pré-seleção na chamada única e a lista de espera serão divulgados em 1º de fevereiro. Os estudantes pré-selecionados na chamada única deverão acessar o Sisfies e concluir a inscrição, para contratação do financiamento, no período de 02 a 06 de fevereiro.

Ainda conforme o Edital, após a divulgação do resultado da chamada única, havendo vaga não ocupada, é de exclusiva responsabilidade do estudante participante da lista de espera acompanhar sua eventual pré-seleção na página do FiesSeleção na internet.

Lista de espera

Os estudantes que constarem na lista de espera deverão obrigatoriamente acessar esta mesma página já citada acima, no período de 07 a 18 de março, e declarar sua condição ou não de estudante regularmente matriculado no curso, turno e IES para o qual se inscreveram no processo seletivo do Fies. Pré-selecionados também deverão concluir a inscrição no prazo de cinco dias corridos, a contar da divulgação da pré-seleção no FiesSeleção.

Fies

Criado em 1999, o programa tem como objetivo financiar a graduação de estudantes matriculados em instituições particulares presenciais que não têm condições de bancar os estudos. Para obter a contratação do serviço, após todos os procedimentos e pré-requisitos citados acima, é necessário a apresentação de um ou mais fiador, podendo ser a fiança convencional ou solidária.

O prazo para início do pagamento da dívida é de 18 meses após a conclusão do curso. Até a última edição, a taxa de juros do financiamento era fixada em 6,5% ao ano. O Ministério da Educação (MEC) ainda não divulgou se houve mudança nesse número. As faculdades precisarão dar desconto de, pelo menos, 5% no valor da mensalidade para contemplados pelo Fies.